SABOTADORES

AUTOSSABOTAGEM

“A SUA MENTE PODE SER SUA MELHOR AMIGA, MAS TAMBÉM PODE SER SUA PIOR INIMIGA!”

Autossabotagem são pensamentos negativos que se transformam em comportamentos onde criamos obstáculos que nos impedem de alcançar metas e objetivos, e nos levam no sentido oposto às nossas necessidades e desejos. Eles levam às crenças que limitam e aprisionam o crescimento e expansão.
Em geral eles se disfarçam de “melhores amigos” te dizendo: – “Eu não estou me autossabotando…eu sou assim!”
Eles se confundem com a voz da razão e te tira o poder de ação quando precisa reagir em alguma situação.
Quais são os Sabotadores e como eles podem refletir na sua vida financeira e na sua capacidade empreendedora?

São vários os sabotadores financeiros:

1- Crítico:

  • É o mestre – todos têm um lado crítico que desperta ainda mais os outros sabotadores;
  • Consigo e com o próximo;
  • Gera decepção, raiva, ansiedade, arrependimento e culpa.

2- Prestativo:

  • Tenta agradar demais o outro;
  • Deixar as próprias necessidades de lado.

Como ele se sabota na vida financeira?

  • Assume compromissos que não pode para agradar outra pessoa;
  • Abre mão de investir em seus projetos para ajudar outra pessoa;
  • Pode se endividar por “emprestar o nome”, etc

3- Vítima:

  • Tendência a culpar o outro;
  • Dramático e temperamental;
  • Diante de uma dificuldade quer desistir.

Como ele se sabota na vida financeira?

  • Procura situações que reforcem a sua situação de vítima;
  • A falta de dinheiro vira uma “bengala” de apoio para que mantenha a posição de vítima e para que tenham piedade dela;
  • Se sente vítima da má sorte e que não vale a pena tentar nada;
  • Pensamentos de escassez frequentes.

4- Hipervigilante

  • Grande foco no que pode dar errado;
  • Não consegue confiar;
  • Precisa saber todas as regras, embora nem sempre as siga.

Como ele se sabota na vida financeira?

  • Demora em aproveitar as oportunidades;
  • Tendência a se manter sempre no mesmo padrão. O seu sabotador vai fazer você voltar ao mesmo lugar, ainda que tenham acontecido melhoras financeiras. Seu “termostato financeiro” vai regular sua condição financeira e limita-la, sem te deixar avançar;
  • Está sempre focado no que pode dar errado;
  • Nos negócios procrastina;
  • Tem medo de a qualquer hora perder tudo – tendência ao acúmulo;
  • Envolve-se em situações problemáticas para, inconscientemente, provar a si mesmo que administrar dinheiro é perigoso.

5- Controlador

  • Forte necessidade de controlar e assumir responsabilidades;
  • Movido a desafios;
  • Alta ansiedade quando não está no controle de todas as situações.

Como ele se sabota na vida financeira?

  • Assume as responsabilidades por todas as finanças familiares;
  • Gosta de ter mais recursos financeiros porque isso o mantem no controle;
  • Dificuldade em dividir a administração financeira com outra pessoa;
  • Enfrenta níveis de ansiedade extrema se não consegue pagar uma conta, quitar um compromisso;
  • Tende a fazer o trabalho de muitas pessoas;
  • Geralmente é um devedor, se já perdeu o controle.

6- Insistente

  • Perfeccionista;
  • Metódico e teimoso;
  • Frustração constante consigo mesmo e com os outros;
  • Alto nível de ansiedade e de estresse.

Como ele se sabota na vida financeira?

  • Altamente resistente à mudança;
  • Sentem-se sempre frustrados e não se sente merecedor;
  • Não entra em ação.

7- Hiperrealizador

  • Workaholic
  • Dependência de desempenho e realização para autoavaliação;
  • Muito concentrado em sucesso externo;
  • Ótimos trabalhadores.

Como ele se sabota na vida financeira?

  • Assume muitos compromissos financeiros para justificar trabalhar cada vez mais, não se permitindo folgas financeiras;
  • Acredita que a pessoa é medida pela capacidade de gerar resultados, buscando sempre elevar o padrão de vida, por dar muito valor ao “Status”;
  • Mesmo se tem problemas financeiros não conta e não pede ajuda;
  • Não consegue comemorar conquistas porque logo a deixa de lado para pensar na próxima;
  • Em geral não faz reserva financeiras porque acredita na própria capacidade de sair das situações…

8- Hiperracional

  • Altamente analítico;
  • Busca sempre justificativa racional;
  • Não se permite viver emoções e sentimentos mais profundos;
  • Mal-humorado.

Como ele se sabota na vida financeira?

  • Dificuldade nos relacionamentos;
  • Dificuldade em aceitar despesas que gerem benefícios emocionais;
  • Dificuldade em fazer parcerias.

9- Inquieto

  • Está em constante busca pela excitação;
  • Dificilmente está satisfeito com o que está fazendo;
  • Impaciente e inconstante;
  • Precisa o tempo todo ter coisas novas acontecendo e muda o tempo todo de projetos.

Como ele se sabota na vida financeira?

  • Dificuldade em permanecer no mesmo emprego ou negócio;
  • Dificuldade em manter o foco em 1 projeto até ter os resultados desejados;
  • Gasta muito com novas experiências e não mantém suas conquistas.

10- Esquivo

  • Foge de conflitos e tarefas desagradáveis;
  • Aceita situações que não quer para não se indispor com ninguém;
  • Não cumpre com o que se comprometeu;
  • Procrastinador;
  • Não quer tomar decisões.

Como ele se sabota na vida financeira?

  • Dificuldade em resolver situações difíceis, deixando problemas financeiros se acumularem;
  • Não cumpre o que prometeu, desde compromissos profissionais até o prazo de pagamento das contas;
  • É extremamente flexível, o que gera instabilidade emocional e financeira.
  • Mente sobre dinheiro para evitar o confronto

O processo de cura da autossabotagem requer, primeiramente, a tomada de consciência de que a pessoa está se sabotando, e de todas as consequências disso.

A origem do transtorno, geralmente, está no núcleo familiar e nos traumas vividos na infância ou adolescência.

       Existe um teste chamado “Inteligência Positiva” que mede a força relativa dos modos de funcionamento da mente, quando ela age como sua amiga, e quando ela age como sua inimiga pela ação dos Sabotadores.  Este é um teste bastante importante no trabalho de autoconhecimento e desenvolvimento pessoal para que traga à consciência o inconsciente e para que possa ser trabalhado e minimizado ou eliminado. 

Compartilhe: 

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email
Share on print

Conheça nossas redes sociais

Faça uma pesquisa: